Vereadores de Mantenópolis são afastados sob acusação de improbidade administrativa

O Ministério Público do Estado do Espirito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Mantenópolis, denunciou os vereadores José Prata Filho e Euzeni Borges Soares Ker por crimes de improbidade administrativa nesta segunda (18).

A primeira decisão da Justiça foi pelo afastamento cautelar imediato dos vereadores dos cargos que ocupam. A decisão foi tomada diante da possível utilização do cargo público de forma a atrapalhar a apuração dos fatos.

De acordo com denúncia do Ministério, Euzeni Borges cometeu diversos crimes no período em que foi presidente da Câmara Municipal de Mantenópolis, entre 2013 e 2014. Entre eles, o desvio de dinheiro do Legislativo municipal e o uso particular do carro e de funcionários da Câmara.

José Prata Filho foi denunciado pelo crime de prevaricação. Em 2014 ele teria votado duas vezes na mesma sessão para arquivar as denúncias contra a vereadora Euzeni Borges.

Com informações do MP/ES