Tatuador é preso acusado de agredir ex-namorada em Colatina

Ostentando um estilo de vida com bebidas e viagens, o tatuador Bruno Alcântara Luppi, de 27 anos, foi preso nesta segunda-feira (15) acusado de agredir diversas vezes a ex-namorada Nathyana Rocha Bragança em Colatina.

Nathyana tinha medida protetiva contra Bruno desde 2017. No site do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, a reportagem do RSIM encontrou mais de quinze ocorrências em nome de Bruno, a maior parte delas enquadradas na Lei Maria da Penha.

Além da ex-namorada, a própria irmã do acusado possui uma denúncia contra ele, também enquadrada na Lei Maria da Penha.

Direto da Redação, com informações do TJES