Tarantino defende Polanski e diz que ele não estuprou menina de 13

Após ser acusado de obrigar Uma Thurman a dirgir um carro em alta velocidade e simular um acidente durante as gravações de Kill Bill 2, Quentin Tarantino está no meio de uma nova polêmica.

Em uma entrevista antiga a Howard Stern, o cineasta defendeu o amigo Roman Polanski ao ser questionado o que ele pensava sobre o fato de ele ter sido acusado de estuprar a menina Samantha Gailey, em 1977.

Clique aqui e leia mais!

Fonte: R7.com