Sesa inicia oficinas da planificação na Região Sul

Começou nesta segunda (05) e vai até sexta-feira (09), a primeira semana de Planificação da Atenção Primária à Saúde, na Região Sul de Saúde, que compreende os municípios de Alegre, Alfredo Chaves, Anchieta, Apiacá, Atílio Vivácqua, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itapemirim, Iúna, Jerônimo Monteiro, Marataízes, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, São José do Calçado e Vargem Alta.

Para as oficinas, facilitadores da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), juntamente com os municípios, irão realizar dinâmicas de exercícios em grupos e abrir para discussões sobre os temas trabalhados. Ao todo, 4.260 profissionais de saúde participaram das atividades.

Nessa primeira semana, a oficina terá o tema “Redes de Atenção à Saúde”, e a tutoria virá com o tema “Pactuação com equipes e organização geral das tutorias”. As oficinas fazem parte de um conjunto, e a cada semana avança-se um pouco mais na reorganização dos processos de trabalho da Atenção Primária à Saúde.

A planificação da atenção à saúde é um processo de planejamento que visa integrar a Atenção Primária à Saúde (APS) e a Atenção Ambulatorial Especializada (AAE), propondo um atendimento multiprofissional resolutivo e mais próximo do cidadão a partir da reorganização da Rede de Atenção e da implantação da Unidade da Rede Cuidar em Guaçuí.

Nesta segunda (05), o encontro realizou um alinhamento conceitual com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), entre os facilitadores e tutores. Já nesta terça (06) e quarta (07), acontece a primeira oficina, que será voltada para os profissionais de saúde dos municípios.

Na quinta-feira (08), os tutores regionais e municipais e os profissionais de saúde se reúnem e participam da primeira tutoria, nas unidades laboratório de cada município polo.  E na sexta-feira (09), acontece a reunião do grupo condutor da planificação.