Ser maçom

Inicio afirmando que não sou maçom, nunca fui e nunca serei. Mas sei de alguns preceitos que fazem um ser humano ser maçom, entre eles, o caráter.

Sei disso sem ser adepto, porque a primeira maçonaria do Espírito Santo foi fundada pelo meu bisavô, Ângelo Maria Mignone, em Cachoeiro de Itapemirim, a Fraternidade e Luz. Quem é maçom de verdade, sabe disso. Procurou saber a história da maçonaria no Estado e no Brasil.

Por outro lado, atualmente um dos meus melhores amigos (tenho pouquíssimos) é o Grão Mestre da maçonaria no Espírito Santo, Américo Rocha. E eu sei por que ele chegou a tal grau.

A maçonaria de antigamente era muito rígida ao convidar e aceitar seus membros, aqueles que viriam a praticar os predicados tipo caráter, doação, dedicação.

Digo mais: a atuação numa maçonaria, seja ela onde estiver, só pode ser feita de maneira proveitosa por homens perseverantes, isentos de ideias pré-concebidas e impulsionados por um firme e sincero propósito de alcançar um resultado sério, em que reine uma perfeita comunhão de pensamentos ao amor ao que eles denominam o Grande Arquiteto do Universo (Deus) e de sentimentos voltados à prática do bem. Mas ela faz mais: mostra os efeitos inevitáveis do mal e, por consequência, a necessidade do bem. Se desejarmos coisas sérias, sejamos nós mesmos sérios.

E sérios não têm muitos nas maçonarias do mundo. Diversificou muito. E digo que nunca aceitei ser maçom por sentir não ter condições das exigências de ser um verdadeiro maçom. Hoje parece que aceitam qualquer um mais ou menos bem colocado na vida.

Um maçom de verdade, entre outros predicados, não pode favorecer o que foi prejudicial à população de um país, como certos partidos políticos que existem ai. E isso acontece.

Mas admiro alguns maçons, que seguem as premissas da verdadeira maçonaria, inclusive, passando para mim alguns dos seus mais puros exemplos.

PARABÓLICAS

São Mateus possui uma das mais antigas dioceses do Espírito Santo, onde tem o apoio direto da Kairos FM.

A FM Z de Venda Nova do Imigrante é uma rádio católica, com programação variada, tendendo mais para a música italiana.

Todos nós sentimos o passamento de Jayme Pirajá, pai do nosso colega de muitos anos, Fabio Pirajá.

Marcos Som veio nos visitar. Ele, independente de nossa admiração, é um dos melhores técnicos de rádio do Espírito Santo.

MENSAGEM FINAL

É erro vulgar confundir o desejar com o querer. O desejo mede os obstáculos; a vontade vence-os. Alexandre Herculano