Quadrilha usava cheques furtados de malotes para comprar carros de luxo

A Polícia Civil realizou nesta terça-feira (10) uma operação para desarticular uma quadrilha que vendia cheques furtados de malotes.

A Polícia chegou até os acusados, Adib Ribeiro, de 40 anos e Breno Morgado de 39, após a prisão de um terceiro integrante da quadrilha em março deste ano.

Segundo as investigações, Adib vendia cheques furtados por R$ 40,00 a R$ 80,00. Já Breno usava os cheques para comprar carros de luxo.

Adib é investigado em outros inquéritos por falsificação de documentos. Na casa dele foram encontrados, além dos cheques furtados, documentos falsificados e uma agenda com dados pessoais de várias vítimas. A polícia teve acesso a conversas onde os dois negociavam os cheques. Confira mais detalhes na reportagem.