Pulseiras de identificação garantem segurança de crianças nas praias de Vitória

O período é de verão, sol forte e férias e as praias são um grande atrativo para as famílias. Mas é preciso ter muita atenção com as crianças, pois alguns segundos de desatenção são suficientes para elas se perderem entre os banhistas.

No intuito de evitar sustos e desencontros, os guarda-vidas de Vitória distribuem pulseiras coloridas da mesma cor das bandeiras dos pontos de Salvamar.

Cada posto tem uma cor específica, identificada por meio de uma bandeira colorida. Ao todo, são seis cores: branco, azul, vermelho, verde, amarelo e preto. Com o sistema, o trabalho de localização de crianças perdidas é facilitado.

“Crianças com pulseiras de cor diferente da área de atuação do guarda-vida são encaminhadas para o posto de cor correspondente e, assim, de volta para a barraca dos pais”, aponta o coordenador do Salvamar, Klaussos Kal Martins.

Ele completou: “É importante que os pais ou responsáveis procurem praias e locais que possuem os postos de Salvamar. Só isso já garante maior segurança contra afogamentos e casos de sumiços repentinos”.

Proteção

Jaqueline Armani Tamanini veio de São Gabriel da Palha, no norte do Estado, para aproveitar as férias com o pequeno João Paulo, de sete anos, e aprovou o sistema. “É uma forma de ajudar na proteção dos nossos filhos. Caso ele se perca, vai ajudar muito a encontrar os pais”.

Para os guarda-vidas Evando Milagre e Ronaldo Carvalho, do posto amarelo da Curva da Jurema, a boa aceitação dos pais tem ajudado muito no processo de identificação das crianças. “Assim que eles chegam à praia, eles vêm direto ao posto para retirar a pulseirinha. Por isso, até o momento, não tivemos nenhuma ocorrência dessa natureza”, ressaltou Carvalho.

Postos

O serviço de Salvamar de Vitória está presente em 14 postos distribuídos nas praias de Camburi, Curva da Jurema e Ilha do Boi.

Os guarda-vidas trabalham das 8 às 18 horas e possuem treinamento e equipamentos para o resgate dos banhistas. Entre os equipamentos disponíveis, estão nadadeiras, lifebelt (flutuador para fazer resgate aquático), pocket mask (máscara ressuscitadora, em caso de afogamento) e pranchas de stand-up paddle, capazes de oferecer uma visão ampla do mar e rapidez no atendimento às vítimas.

Direto da redação, com informações da Prefeitura de Vitória