Projeto vai levar idosos e deficientes para a praia de Pontal do Ipiranga

O projeto Praia Acessível que será lançado em Linhares vai facilitar o acesso de idosos com mobilidade reduzida e pessoas com deficiência à orla da praia do Pontal do Ipiranga. As cadeiras anfíbias estarão à disposição das pessoas que queiram se refrescar no mar. O projeto começará a funcionar no próxima segunda-feira (05) às 8h da manhã e vai até o dia 28 de fevereiro, todos os dias da semana, sempre das 8 às 15 horas.

Uma equipe de monitores composta por assistentes sociais, psicólogos e professores de Educação Física, além dos guarda-vidas que atuam no balneário, ficarão em uma tenda instalada no local auxiliando e orientando as pessoas para que todas tenham um lazer seguro. A cadeira anfíbia é especial, pois não afunda na areia e é flutuante. A altura permite ainda que a pessoa que a utiliza sinta a água do mar. Após o carnaval, o projeto será transferido para a praia das Três Pontas, na Lagoa Juparanã, para ampliar o acesso do público alvo à Praia Acessível.

O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Avelino Malacarne, disse que o objetivo é evoluir o Praia Acessível e reforçar parcerias. ” Vamos proporcionar a essas pessoas mais conforto neste espaço e aumentar o número de adeptos ao projeto. A praia é de todos e a nossa bandeira é a da igualdade”, disse.

Para o presidente da Associação dos Deficientes de Linhares (Adefil), José Geraldo Giovani, o Praia Acessível vai dar oportunidade e oferecer algo que para muitos é fácil e acessível, além de possibilitar um momento até então nunca vivido ou resgatar uma emoção esquecida há anos. “Além de possibilitar este momento que é único para cada um dos beneficiados, acabamos chamando a atenção da sociedade para o assunto. É algo que nos parece tão simples ir até o mar, mas para quem tem dificuldades de mobilidade existem várias barreiras”, destaca José Geraldo.

Com informações da Prefeitura de Linhares