Presidente do Peñarol culpa Felipe Melo por briga generalizada

O presidente do Peñarol, Juan Pedro Damiani, culpou o volante Felipe Melo por toda a confusão ocorrida na noite desta quarta-feira (26), no estádio Campeón de Siglo, em Montevidéu, após a vitória do Palmeiras por 3 a 2, de virada, válida pelo Grupo 5 da Copa Libertadores.

Ignorando as agressões contra o goleiro Fernando Prass e o tumulto gerado pelos jogadores de sua equipe após o apito final, o mandatário declarou à rádio local “Sport 890” que tudo aconteceu por conta do soco de Felipe Melo em Mier, que saiu do banco de reservas para criar confusão pós-jogo.

Fonte:R7.com

Clique aqui e leia mais!