Prefeitura e Fapes vão estimular projetos de iniciação científica a estudantes de Linhares

Os jovens estudantes das escolas municipais de ensino fundamental e estadual de Linhares poderão criar projetos científicos em várias áreas de estudo, desde letras, matemática, até nas diferentes áreas da engenharia, por exemplo. O estímulo à iniciação científica aos estudantes do município foi a pauta do encontro realizado entre a Prefeitura de Linhares, por meio da secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico, e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) por meio do Programa de Iniciação Científica Júnior – Pic Júnior, na manhã desta quarta-feira (21).

O Programa ocorre apenas em escolas da rede pública, de Ensinos Fundamental e Médio, e conta com recursos do Governo do Estado, por meio de editais lançados pela Fapes. O grupo de pesquisa é composto por um pesquisador, que submete o projeto, junto com um professor-tutor da escola onde será desenvolvida a pesquisa, dois monitores de graduação e mais dez alunos.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Luiz Fernando Lorenzoni, explica que o Pic Júnior objetiva despertar a capacidade empreendedora dos estudantes da rede municipal de ensino e estimular a sua visão inovadora para  garantir o desenvolvimento econômico das cidades no futuro por meio de jovens empreendedores que poderão montar o seu próprio negócio ou contribuir para o crescimento das empresas onde estiverem atuando. “O Programa tem o objetivo de despertar vocações científicas e tecnológicas, incentivar talentos entre jovens e adolescentes, a formação de recursos humanos qualificados e o desenvolvimento de Linhares e do Espírito Santo”, destacou Lorenzoni.

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação (Fapes), José Antônio Bof Buffon, ressaltou que a Prefeitura de Linhares foi a primeira a se mostrar interessada em estimular a iniciação científica entre os jovens estudantes neste ano de 2018.

“Os projetos sempre tem a ver com a realidade da comunidade onde a escola está inserida, despertando o interesse por áreas existentes em universidades públicas próximas aos estudantes, facilitando ainda mais a entrada e continuidade nos estudos. O objetivo do programa é tratar um problema real da sociedade, a partir da metodologia científica para resolver o problema à medida que isso possa ser palpável para alunos de ensino médio”, salientou a diretora presidente da Faculdade de Ensino Superior de Linhares Faceli, Jussara Carvalho de Oliveira.

Fonte: Prefeitura de Linhares