Policiais serão interrogados hoje durante audiências sobre greve da PM

A 4º Vara Criminal de Vitória concluiu nesta quinta-feira (17/05) os depoimentos das testemunhas arroladas pelo Ministério Público Estadual e pela defesa dos 10 policiais, que foram denunciados pelo MPES por suposto envolvimento no movimento de paralisação da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), ocorrido em fevereiro de 2017.

As audiências de instrução acontecem até esta sexta (18), quando os réus serão interrogados pela juíza Gisele Souza de Oliveira, no Salão do Júri, no 4º andar do Fórum Criminal de Vitória, na Cidade Alta.

A audiência será dedicada exclusivamente ao interrogatório dos 10 réus, incluindo o Tenente-Coronel Foresti. Ele não compareceu a audiência desta quinta-feira, mas está devidamente intimado pela 4ª Vara Criminal de Vitória a comparecer no interrogatório hoje. A defesa dos réus desistiu de todas as testemunhas intimadas para depor nesta sexta-feira.

Todos os réus, à exceção de um, são acusados pelo Ministério Público dos crimes previstos nos artigos 265 e 268 do código penal, respectivamente, atentado contra segurança de serviço de utilidade pública e incitação ao crime.

Responde ainda, individualmente, pelo crime previsto no artigo 45, da lei de contravenções penais, fingir-se funcionário público, o acusado W.M.L.

Veja como foi a audiência desta quinta-feira (17):