Casa noturna era usada para a prática de exploração sexual infantil em Cariacica

A Polícia Civil, por meio das equipes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), sob responsabilidade do delegado Lorenzo Pazolini e a Delegacia de Costumes e Diversões (Decodi), sob responsabilidade do delegado Icaro Ruginski, em cumprimento de uma ação judicial, fecharam na tarde desta terça-feira (05), um estabelecimento comercial que era utilizado para a prática de exploração sexual de crianças e adolescentes, no bairro Alto Laje, em Cariacica.

O proprietário do estabelecimento já responde pelo crime de exploração sexual de crianças e adolescentes e foi conduzido para a delegacia para prestar esclarecimentos.

Com informações da Polícia Civil