Passageiro de Anchieta deve ser indenizado após realizar viagem intermunicipal em pé

O Juizado de Anchieta condenou uma Viação a indenizar em R$ 1,5 mil um passageiro que adquiriu uma passagem do Município até Vitória e só pode usufruir do assento após o veículo cruzar a cidade de Guarapari.

Segundo o processo, a empresa teria permitido que uma mulher, que não poderia embarcar no ônibus, ocupasse a poltrona do autor da ação.

Em sua decisão, o juiz explicou que, tratando-se de transporte coletivo executivo, o consumidor paga uma passagem mais cara exatamente parta ter um maior conforto.

Direto da Redação, com informações do TJ/ES