Pais de adolescente indenizarão família de idoso que morreu atropelado em Nova Venécia

Os pais de um menor de idade que atropelou um idoso em Nova Venécia deverão indenizar em R$ 25 mil os parentes da vítima. O adolescente não possuía carteira de motorista e não prestou socorro ao homem, que faleceu no local.

De acordo com o processo, a vítima estava saindo de um canteiro para atravessar uma avenida, quando foi surpreendida por uma moto. Os pais do jovem afirmaram que o idoso estaria completamente embriagado. Segundo relatos de testemunhas, o idoso teria adentrado repentinamente em frente à motocicleta e o condutor não conseguiu desviar a tempo.

Para a maioria dos desembargadores, tanto o motociclista, como a vítima, são culpados pelo acidente. O menor de idade não poderia estar dirigindo a motocicleta, uma vez que ele não possuía carteira de habilitação. Já a vítima, estava embriagada e atravessou em local impróprio.

Com informações do TJ/ES