Padrasto é preso em Castelo por abusar da enteada durante cinco anos

Um homem de 33 anos que não teve o nome divulgado foi preso em Venda Nova do Imigrante nesta quinta-feira (14). Ele é suspeito de abusar da própria enteada durante cinco anos, no município de Castelo.

O caso estava sendo investigado desde 2016, quando a denúncia foi registrada pela primeira vez. O delegado Marcelo Meuer Ramos, disse que a mãe e a vítima procuraram a Delegacia para denunciar o suspeito. “Em seu depoimento, a menina contou que os abusos começaram quando ela tinha 11 anos. A mãe foi questionada sobre o crime e disse não ter conhecimento. Quando soube, pressionou o marido, ameaçando acionar a polícia, e ele confessou o crime”, explicou Ramos.

Marcelo Meuer informou também que no dia na denúncia, a vítima foi encaminhada para realizar o exame de corpo delito, que comprovou os abusos. O suspeito foi encaminhado a Penitenciária Estadual de Vila Velha.

Com informações da Polícia Civil