Onze pessoas são presas em Montanha e nos estados de Minas Gerais e Bahia

Na madrugada desta terça-feira (25) foi desencadeada uma operação conjunta entre as Polícias Militares de Minas Gerais, do Espírito Santo e da Bahia, e Polícia Civil da cidade de Montanha, norte do estado.

Durante a ação, aproximadamente 65 Policiais dos três estados cumpriram 20 mandados de busca e apreensão e 11 de prisão nas cidades de Montanha (ES), Serra dos Aimorés (MG) e em Lajedão (BA).

Os policiais prenderam uma quadrilha especializada em crimes de roubo de carga, homicídios, furto de gado, porte ilegal de armas de fogo e outros crimes, ocorridos na região da tríplice divisa.

De acordo com informações da polícia, foram apreendidas 09 armas de fogo, munições de diversos calibres, documentos falsificados, grande quantidade de baterias de veículos e baterias utilizadas em torres de telecomunicações; equipamentos de som, dinheiro e outros materiais. Dos materiais apreendidos, grande parte são provenientes de cargas roubadas.

A operação denominada “Divisa Integrada” foi Coordenada pelo Comandante do 2º BPM, o Tenente Coronel Sebastião Aleixo Batista, o Comandante da 24° Companhia Independente/MG, o Tenente Coronel Marcelo Fernandes, Comandante da Cipe – MA/BA, o Major Ronivaldo Pontes da Silva e pelo Delegado de Polícia Civil de Montanha, Davi Santana Gomes.

A polícia informou que durante a ação, prendeu um homem, acusado de ter matado o gerente de uma fazenda no município de Montanha, no dia 22 de julho desse ano. O crime ocorreu na Rodovia ES 130, KM 19, zona rural da cidade. Na época, o gerente foi morto por disparos de arma de fogo.

O homicida confessou que executou a vítima com um disparo de espingarda calibre 12 e seu comparsa efetuou um tiro de revólver. Na ocasião quem conduziu o veículo com os dois criminosos, foi próprio mandante que também foi preso nesta terça. A mulher dele também foi detida.

Segundo informações da Polícia Civil, o crime foi praticado para encobertar um grande furto de gado na região, já que o gerente (vítima) tinha descoberto a autoria dos furtos.

Três acusados de homicídio foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Montanha. Os demais presos foram conduzidos ao presídio de Nanuque (MG).

Segundo o Comandante do 2º BPM, o Tenente Coronel Aleixo, o êxito da operação se deu graças à integração entre as Polícias Militares da tríplice Divisa (PMES, PMBA e PMMG) e a Polícia Civil de Montanha. “A união das forças policiais vem trazendo resultados positivos no combate a violência e a criminalidade na região, principalmente nos crimes tráfico de drogas, furto de gado, homicídios e roubo de carga”, disse o Comandante do 2º BPM em Nova Venécia.

Direto da redação
Record News Espírito Santo/Rede SIM Sat
Geilza Santos