Operação de fiscalização flagra obra irregular em patrimônio histórico em Vitória

Uma equipe da Prefeitura de Vitória em parceria com a a Guarda Civil Municipal, realizou, na manhã do último domingo (27), uma operação de fiscalização e descobriu uma obra irregular num prédio tombado como patrimônio histórico.

O imóvel, o prédio do antigo Banco Real localizado em frente à praça Oito, vem sofrendo modificações de forma clandestina no período da madrugada e aos finais de semana para não sofrer fiscalização por parte da Prefeitura. O edifício está embargado desde o dia primeiro de junho pela Sedec e já junta um montante de R$ 12 mil em multas.

“Toda obra deve ser realizada com acompanhamento da Prefeitura de Vitória, e essa é uma obra que teve o alvará para a reforma negado. E hoje nossa equipe foi surpreendida novamente com obra nesse patrimônio histórico, com isso pedimos ajuda da Guarda Civil Municipal para interditarmos mais uma vez a obra e conduzir as pessoas que estavam no local para prestar depoimentos”, aponta o gerente de Fiscalização de Postura e Edificações (GFPE) da Sedec, Thomaz Tommazi.

Sobre o imóvel

O imóvel tem a inscrição imobiliária com o nome de Banco Real, que foi vendido ao Banco Santander. No entanto, o Santander aponta que o imóvel foi leiloado e que está em transferência para o comprador. O novo proprietário tem realizado obras mesmo com o embargo da Prefeitura.

Com informações da Prefeitura de Vitória