Obras do Contorno da BR 101 em Iconha devem ficar prontas no segundo semestre

Considerado como o principal gargalo de tráfego no trecho sul da BR-101/ES, a travessia urbana de Iconha atualmente é realizada em aproximadamente uma hora, em horário de pico. Com a implantação do Contorno de Iconha, esse tempo de travessia passa a ser de seis minutos. A nova pista vai separar o tráfego de longa distância e de carga do trânsito urbano. O governador Paulo Hartung visitou o canteiro de obras na tarde desta quarta-feira (05). A previsão de conclusão é para o segundo semestre deste ano.

“Historicamente, a BR 101 se tornou um desafio no campo da infraestrutura. É uma rodovia que corta todo o nosso Estado e liga as regiões Nordeste e Sudeste do país. Durante muitos anos mobilizamos as lideranças políticas, empresariais, trabalhadores e a sociedade para buscarmos uma solução para BR 101”, explicou o governador Paulo Hartung.

Hartung disse ainda que o Governo do Estado também está em diálogo com os órgãos e autoridades federais na liberação das licenças e autorizações necessárias para execução das obras em toda a rodovia.

Foto: Divulgação Leonardo Duarte Secom/ES.
Foto: Divulgação Leonardo Duarte Secom/ES.

De acordo com a concessionária ECO 101, as obras estão em ritmo acelerado, sendo realizadas em cinco frentes de trabalho. A construção do contorno foi iniciada em setembro de 2016, com previsão de conclusão no segundo semestre de 2017. Para a execução da obra serão investidos R$ 76,9 milhões.

Em fase de finalização da terraplanagem, cada faixa terá 3,6 metros de largura, além de faixa de segurança com 80 cm entre a pista e o canteiro e acostamento de 2,5 metros. Em todo a nova rodovia, as pistas serão divididas por canteiro central de 4,5 metros de largura.

A entrada para o Contorno de Iconha será no Km 373,5 e a saída no Km 380,2, onde o traçado da nova via se encontrará com a pista existente. Ao longo do novo trajeto também será implantada uma ponte sobre o Rio Iconha. O traçado do contorno foi elaborado dentro dos padrões internacionais de desempenho, com curas suaves, aclives e declives moderados. Todas as curvas e rampas da nova pista serão compatíveis com a velocidade média de 80 km/h.

ICONHA_02

Para garantir a execução desses padrões, será necessário um grande volume de corte e aterro, além de obras complexas de contenção e também corte em rochas. O gerente de ampliação explica que tais medidas visam dar ainda mais segurança ao usuário da BR-101.

Seguindo as determinações do Licenciamento Ambiental, como ações de mitigação, a Eco101 vai reflorestar 2,2 hectares, com a plantação de aproximadamente seis mil mudas. Esse trabalho será realizado através do Projeto Reflorestar, uma parceria com o Governo do Estado do Espírito Santo.

Direto da redação
Record News / Rede SIM
Com informações do Governo do ES