O voto facultativo

Recente pesquisa em todo Brasil apontou que 46% dos eleitores estão pessimistas para a votação. Pudera, o povo só vê roubalheira dos políticos.

Seria uma chance para começar a estudar a implantação do voto facultativo?

Na realidade este tipo de escolha pode também ser perigoso. Vejam o que aconteceu nos Estados Unidos. Lá, o voto não é obrigatório, vence pela margem de votos. Nas ultimas eleições, boa parte dos americanos resolveu votar e foi eleito o pior presidente americano de todos os tempos.

Isto é, não é obrigado a votar, mas quando resolvem fazer, pode ser que o tiro saia pela culatra.

No Brasil este processo iria valer a pena, pois o cidadão brasileiro está cansado de tanta corrupção, uma bandidagem desenfreada, que mancha ate alguns políticos de boa índole (existe).

Já pensaram como tudo iria se transformar? Propaganda política, plataforma de candidato, tudo de boa vontade. Ou no dia das eleições, aquele sol e calor e todo mundo na praia e ninguém votando. Os políticos iriam ficar no ora veja.

Com Lula preso muita coisa poderá mudar no cenário político brasileiro, inclusive na escolha do candidato. Mas é preciso RENOVAÇÃO.

Pensando um pouco mais, que tal irmos para o voto facultativo?  Isso também é democracia!