Mulher terá que indenizar posto de Guarapari após ofensas nas redes sociais

Uma mulher foi condenada a indenizar por danos morais um posto de gasolina do município de Guarapari. Segundo o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), a cidadã utilizou expressões caluniosas em uma rede social se referindo ao posto.

A condutora publicou que a gasolina do local era misturada com água, além de outras difamações. Contudo, ela não conseguiu comprovar que teria abastecido naquele local.  Os donos do posto de gasolina disseram que por conta da postagem, eles tiveram perda sensível da clientela.

Para a juíza de Ângela Cristina de Oliveira, os fatos narrados pelo posto do são verdadeiros e foram comprovados através de “prints fotográfico” que exibem a postagem da condutora.

Direto da Redação, com informações do TJES