Mulher é denunciada após receber benefício do Bolsa Família sem ter direito em Anchieta

O Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF/ES) denunciou uma mulher pelo crime de estelionato em Marataízes, no Litoral Sul do Estado.

De acordo com o Ministério Público, Maria Aparecida Gaudino Nunes é acusada receber o benefício do programa Bolsa Família entre 1º de fevereiro de 2013 e 2 de abril de 2015, mesmo depois de ter assumido o cargo de assistente legislativo na Câmara Municipal de Marataízes, passando a ter renda superior ao limite máximo estabelecido para a concessão do auxílio.

Segundo o MP ela recebia o Bolsa Família desde junho de 2006 e ocultou dos gestores do Programa que não tinha mais direito ao benefício. O total recebido de forma fraudulenta segundo os promotores chega a R$ 3.614,00.

O MPF pede a condenação pelo crime de estelionato e a devolução dos valores recebidos indevidamente. A denúncia foi recebida no dia 6 de março.