Mourinho chega ao Manchester United e prepara sua lista de dispensa

Todo início de temporada é cercado de especulações em torno da reformulação que cada clube promove na Europa. Na Inglaterra, o mercado mais movimentado do planeta, não seria diferente. A situação é ainda mais impactante quando nos damos conta de que José Mourinho é o novo técnico do Manchester United.

Mesmo antes de assumir o cargo, o português já estava associado a uma ida forte dos Red Devils ao mercado. Como o clube não alcançou grandes resultados no Inglês e na Liga dos Campeões, mesmo com um elenco teoricamente forte. Nem todas as contratações da Era Van Gaal vingaram e Mourinho tentará corrigir isso ao mesmo tempo que busca homens de confiança.

A imprensa inglesa já está repercutindo uma possível lista de dispensa feita por Mou em reunião com o diretor executivo Ed Woodward. São 13 nomes que serão colocados à venda. Os principais são: O goleiro Sergio Romero, os laterais Marcos Rojo, Luke Shaw e Matteo Darmian, os meias Ander Herrera, Antonio Valencia, Bastian Schweinsteiger, Juan Mata, Ashley Young, Marouane Fellaini e o atacante Memphis Depay. Outros dois atletas podem ser colocados como disponíveis para propostas, o que deve certamente gerar algum dinheiro para os cofres do United.

Sendo verdadeira ou não esta lista, em maioria, erra Mourinho ao mexer tanto no time de uma vez só. Qualquer treinador sabe que a não ser que o clube tenha sido rebaixado ou feito uma campanha incontestavelmente desastrosa, não se altera de forma radical um elenco. Levando em conta o entrosamento e a adaptação dos reforços que podem chegar, é um risco imenso mudar tanto a cara do United em poucos meses.

Todos estes atletas citados pela especulação podem arrumar outro lugar para atuar, sem grandes problemas. Resta saber quem chega para estas vagas. Mourinho terá um grande orçamento para escalar o seu Manchester United ideal, mas já começa mal se realmente estiver cogitando se desfazer de tanta gente.

Como por exemplo Juan Mata, que fez uma temporada decente e apareceu muito bem em várias partidas. Não será a primeira vez que Mourinho descarta o espanhol: quando estava no Chelsea, o treinador não quis contar com ele e liberou uma ida para o United. Tudo indica que Mata terá novamente de fazer as malas. A diferença aqui é particular.

Luke Shaw e Memphis Depay também não precisariam tomar outro rumo. Shaw está se recuperando de graves lesões e Depay ainda é muito jovem, o que permite que ele reencontre seu melhor futebol no futuro, com a instrução certa. Ander Herrera é outro que precisa de mais chances para brilhar e não pode ser dispensado agora.
De resto, as outras cartas são consideradas menos fundamentais. Valencia tem grande história no clube, mas talvez seja a hora de dar espaço aos mais novos. Fellaini é outro que também não se encaixa nos padrões exigidos por Mourinho e provavelmente não deixará saudades em Old Trafford.

Rojo, Young e Romero também sairão sem grande alarde, visto que não desfrutavam de grande prestígio junto à torcida. A maioria da lista de Mourinho consiste em dispensas justas, de jogadores que não encantaram. Mas os jovens que estão na mira do português para serem negociados poderiam muito bem ficar para o futuro.

 

Fonte: Yahoo Esportes