Morre o ator que matou acidentalmente o filho de Bruce Lee

Morreu na noite desta quarta-feira (26), nos Estados Unidos, o ator Michael Massee, aos 61 anos. Famoso por participar do seriado 24 Horas, a causa de sua morte não foi divulgada pelos agentes.

Massee ficou com a carreira manchada por ter matado acidentalmente Brandon Lee durante as filmagens de O Corvo, em 1993. Numa cena de tiroteio, ele usava um revólver que continha uma bala real que atingiu o estômago do filho de Bruce Lee, que morreu no mesmo dia após passar por uma cirurgia. O filme foi concluído, sem Brandon, com o uso de maquiagem e alguns efeitos especiais.

Em uma entrevista à revista norte-americana People, em 2005, ele admitiu ainda ter pesadelos com o fato, porque não se supera algo assim”, disse, à época.

Nas filmagens de O Corvo, uma cena específica (não a de Brandon Lee) precisava de uma arma que foi carregada com balas reais, mas que não continham pólvora. Mais tarde, este mesmo revólver voltou a ser utilizado, desta vez numa sequência com Lee. Por descuido, uma das balas reais escorregou para o cano da arma e ficou lá. Massee, interpretando o personagem Funboy, fez o disparo que atingiu a barriga de Brandon. O curioso é que, originalmente, o tiro seria dado por outro personagem e, no último minuto, Massee foi o escolhido.

Brandon Lee seguia a mesma carreira de seu pai, Bruce Lee. Considerado um grande artista marcial, Bruce fez uma série de filmes famosos deste gênero como Operação Dragão, O Voo do Dragão, entre outros. Ele morreu em 1973, aos 33 anos, vítima de um edema cerebral.

Michael Massee também atuou em vários outros filmes e séries como O Espetacular Homem-Aranha, House, Alvo Humano, Supernatural, Arquivo Morto, Mulher-Gato etc.