Mais um PM capixaba é preso por estimular greve na corporação

Nesta segunda-feira (03) a Companhia de Missões Especiais prendeu mais um policial militar do Espírito Santo,  por estimular o movimento grevista que aconteceu em fevereiro deste ano. O oficial preso é o capitão Evandro Guimarães Rocha.

Ele foi detido na manhã de hoje em sua residência no bairro Jacaraípe, na Serra. De lá foi conduzido para a realização de exames de lesões corporais e depois será levado para ficar recolhido na Sede do 2º Batalhão da PM, em Nova Venécia, na Região Noroeste do Espírito Santo.

Ele não foi levado para o presídio da corporação, localizado em Maruípe, Vitória, como foi feito com os outros oficiais presos. Foi determinado que ele cumpra um mandado de menagem e seja levado à sede da corporação onde atuava.

De acordo com informações do Tribunal de Justiça, o capitão respondia a um Inquérito Policial Militar (IPM), sob a acusação de estimular o movimento grevista com a divulgação de áudios nas redes sociais.

Direto da redação
Record News / Rede Sim
Com informações do Tribunal de Justiça do ES