Mais de R$ 65 mil em multas por carros com som alto

A partir de agora, quem for flagrado na rua com o som dos carros em volume alto pode receber uma multa salgada no valor de R$ 6.534,56 e ainda ter o equipamento apreendido, se não for cumprida a ordem de redução do volume sonoro. Isso é o que regulamenta o decreto nº 17.304/2018, publicado no Diário Oficial da última sexta-feira (16).

Do dia em que entrou em vigor até esta última segunda-feira (19), foi aplicado um total de R$ 65.345,60 em multas em diversos pontos da cidade, principalmente, na Rua da Lama, em Jardim da Penha.

Antes, para ser multado, o veículo que estivesse com o som alto, incluindo carros de som, tinha que ter o som aferido pelo decibelímetro (equipamento para aferimento de excesso de som). Agora, se o som alto for audível do lado externo, já é passível de multa.

“No caso de resistência em abaixar o som, o equipamento ou, se necessário, o próprio veículo poderá ser apreendido com a ajuda da Guarda Municipal”, destacou o responsável pelo Disque-Silêncio de Vitória, Alexandro Amaral.

Para o secretário municipal de Meio Ambiente, Luiz Emanuel Zouain, o novo decreto disciplina o abuso de carros de som que desrespeitavam a legislação. “Para tudo existe um limite e até para o som de carros esse limite deve existir e tem que ser respeitado. Quem desobedecer à lei e não tiver critérios para ouvir o seu som poderá ser penalizado. O melhor, sempre, é cumprir a lei”.

Direto da redação, com informações da Prefeitura de Vitória