Junior Lima fala dos boatos sobre sexualidade na infância

Junior Lima, que começou a cantar ao lado da irmã, Sandy, aos seis anos, concedeu entrevista a PC Siqueira, Cauê Moura e Rafinha Bastos, do canal Ilha de Barbados, no YouTube, para discutir os riscos que a exposição na mídia causa na vida de quem influencia e de quem é influenciado.

No bate-papo, o cantor falou sobre a relação com jornalistas quando ainda era criança e a inocência ao dar entrevistas.

— As coisas mudaram muito, porque você passava pela imprensa para poder chegar até as pessoas. Tudo tem o lado bom e o lado ruim, né?! Por um lado, pode ser manipulado, na maioria das vezes era, aquela manchete sensacionalista. E era f*** porque eu comecei muito moleque, com 6 anos de idade. E aí você vai dar entrevista. Imagina que sempre vem os repórteres mais “maladrão”, com uma malícia que um moleque não tinha. Eu e minha irmã não tínhamos. E a gente pagou caro por isso, muitas vezes.

Clique aqui e continue lendo! 

Fonte: R7.com