Judoca foi detido tentando embarcar com arma na mochila no aeroporto de Vitória

O Judoca Nacif Elias ao chegar no Aeroporto de Vitória terça-feira pela manhã, na verificação de sua bagagem, percebeu que estava com sua arma de defesa pessoal. Ele foi encaminhado pela polícia Civil, foi ouvido e liberado para embarcar para a Alemanha. A arma sem munição era de sua defesa pessoal por conta de sua academia localizada na Rua Henrique Laranja, 325, no Centro de Vila Velha, local onde a quantidade de assalto está sendo cada vez mais intensa. Esse mesmo local, no final de 2017,  entraram os delinquentes que assaltaram o Correio e entraram dentro da Academia pelo telhado, quebrando a estrutura do telhado da academia do Judoca. Após esse assalto, com medo de sofrer outro assalto, ele adquiriu a arma, com intuito de inibir possíveis invasores. A mochila que ficava guardada a arma sem munição, ele pegou a mesma para viajar, esquecendo de removê-la da mochila. 

Nacif esclareceu que é contra qualquer uso de arma, mas com a atual crise da segurança pública e a grande quantidade de assalto no Centro de Vila Velha, não viu outra alternativa, com medo de acontecer algo pior com sua empresa e sua família. 

O judoca embarcou para a Alemanha, onde irá disputar o Grand Slam de Dusseldorf, que acontece entre os dias 23 e 25 de fevereiro. É um evento que permite ganhar muitos pontos para o ranking olímpico. A categoria de Nacif que é -90Kg, irá disputar no próximo dia 25, a partir de 10h da manhã, no horário local da Alemanha. 

Direto da redação                                                                                                         Record News ES/RSIM