Jovens que mataram passageiro de ônibus praticaram pelo menos 6 roubos nos últimos 15 dias

A Polícia de Cachoeiro de Itapemirim apreendeu um menor e prendeu outros dois homens acusados de matar Miguel Arcângelo Ferrais durante um assalto a um ônibus no município na última segunda-feira (30). As investigações apontam que eles praticaram ao menos seis roubos nos últimos 15 dias no Sul do Estado.

Inicialmente, o menor havia assumido a autoria dos disparos no ônibus para isentar a responsabilidade dos maiores, porém as investigações apontam que Yure Damazio, de 19 anos foi quem efetuou os disparos. Carlos Henrique Damazio teria saqueado os passageiros. Em depoimento Yure relatou ter prática cerca de 80 roubos durante sua carreira criminosa, a grande maioria quando era adolescente.

De acordo com a polícia, eles vinham se intitulando os “Bonde dos 157”. Dentre as vítimas identificadas estão um salão de beleza, duas padarias, um bar, além de uma pessoa que teve a moto roubada pela gangue. Eles ainda são investigados por outros roubos em Cachoeiro.

Assalto a ônibus

Miguel Arcângelo Ferrais, de 47 anos, morreu após reagir a um assalto na última segnda-feira (30). O caso aconteceu dentro de um ônibus que seguia de Cachoeiro de Itapemirim para Vitória.

De acordo com as informações divulgadas, três jovens entraram no ônibus em Cachoeiro fingindo ser passageiros. Logo depois do ônibus dar partida eles anunciaram o assalto.

O passageiro se negou a entregar o celular aos bandidos e entrou em luta corportal com um deles, que estava armado. Ele acabou sendo atingido no peito e morreu no local. Outra passageira também ficou ferida e foi encaminhada para um hospital da região.

Os bandidos fugiram a pé na região do bairro Village da Luz.

Direto da Redação, com informações de Ramon Barros
Record News Espírito Santo / Rede SIM Sat