Joesley pediu ‘pelo amor de Deus’ para Aécio parar de pedir dinheiro

Em depoimento à Procuradoria-Geral da República no âmbito de sua delação premiada, o empresário Joesley Batista disse que em 2016 chegou a pedir para um preposto do senador Aécio Neves (PSDB-MG) que “pelo amor de Deus ele parasse de pedir dinheiro”.

— Em 2016, um dia na casa dele ele me pediu 5 milhões e eu não dei. Logo depois começou (sic) as investigações contra mim e eu chamei aquele amigo dele, Flávio, e pedi pro Flávio para pedir a ele para, pelo amor de Deus, parar de me pedir dinheiro.

Clique e leia mais! 

Fonte: R7.com