Idaf flagra abatedouro clandestino de frango em Domingos Martins

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), em parceria com a Polícia Militar Ambiental, apreendeu, na tarde desta segunda-feira (14), aproximadamente 410 quilos de carcaça de frango provenientes de abate clandestino.

O abatedouro fica no Vale da Estação, zona rural de Domingos Martins. A polícia chegou ao local, após uma denúncia anônima enviada para a Ouvidoria do Estado.

O médico veterinário do Idaf Carlos Nogueras informou que o abate era realizado em uma propriedade rural. “As condições de higiene eram precárias e o local não está registrado no Serviço de Inspeção Oficial, obrigatório para esse tipo de atividade”, explicou.

Os produtos eram vendidos em feiras livres da Grande Vitória em Jardim da Penha e na Praia do Canto ou sob encomenda. O responsável foi multado e o material encaminhado para destruição, já que não havia como comprovar se estavam aptos ao consumo.

O Idaf alerta que todo o produto de origem animal, como carne, peixes, queijos, entre outros, deve, obrigatoriamente, ser registrado no Serviço de Inspeção Oficial, que pode ser municipal, estadual ou federal.

Ao adquirir algum desses alimentos, o consumidor deve ficar atento quanto à presença do selo ou carimbo do serviço de inspeção nas embalagens. Os alimentos processados de forma clandestina não adotam as exigências sanitárias preconizadas pela legislação, colocando em risco a saúde do consumidor.

A população pode realizar denúncias de irregularidades sobre atividades ilegais ao Idaf através da Ouvidoria do Estado pelo site www.ouvidoria.es.gov.br ou pelo telefone 0800-022-1117.

Direto da redação
Record News / Rede SIM
Com informações do IDAF/ES