Homem que assassinou universitária em lavanderia de Vila Velha é condenado a 20 anos de detenção

O juiz José Augusto Farias de Souza condenou a 20 anos de reclusão e ao pagamento de multa Leandro Matheus Marins por ter assassinado a estudante de psicologia Luiza Mariano da Silva no banheiro de uma lavanderia. O crime ocorreu no bairro de Itapoã, em Vila Velha, no fim do mês de junho.

Na audiência, realizada na tarde desta quarta-feira (04), o réu confessou que, após uma discussão com a vítima, a enforcou com o fio de um ventilador e roubou dela um telefone celular além de R$ 65 do caixa da lavanderia. Também afirmou que teria perfurado a jovem com um instrumento pontiagudo.

Segundo a sentença, a pena deverá ser cumprida em regime fechado e o juiz manteve a prisão do réu, ou seja, ele não poderá recorrer em liberdade.

Direto da Redação