Guarda Municipal de Cachoeiro continua armada por novo prazo

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Cachoeiro de Itapemirim vai continuar armada por, pelo menos, mais 60 dias. O juiz Robson Louzada Lopes, da 1ª Vara da Fazenda Pública, decidiu pela permanência na tarde desta quarta-feira (17), com base no andamento dado pela prefeitura às ações estabelecidas para estruturação dos órgãos de controle externo da corporação, uma das condições para que os agentes possam usar armas de fogo.

Na decisão, o magistrado ressalta que as metas “foram em sua maioria cumpridas satisfatoriamente” e que acompanhou os passos da municipalidade. “A administração municipal tem realizado as ações determinadas e mostrado que caminha para a resolução final da pendenga de uma década”, avalia. “Por outro lado”, continua, “a GCM tem prestado na atualidade um serviço organizado e que tem colaborado para a sensação de segurança na cidade”.

Pela manhã, o prefeito Victor Coelho recebeu em seu gabinete o juiz Robson Louzada, o secretário municipal de Defesa Social, Ruy Guedes, e outros representantes da prefeitura para uma reunião de avaliação das ações realizadas pela prefeitura.

Na ocasião, outras metas foram determinadas pelo magistrado. Entre elas, a assinatura do convênio com a Polícia Civil, em um prazo de 60 dias, para a oferta do curso de aperfeiçoamento exigido pela Justiça para que permaneça liberado o uso de armas de fogo pela Guarda.

“Já avançamos bastante e agora vamos seguir dando encaminhamento às atividades que vão garantir que nossa Guarda possa continuar armada e prestando serviço essencial para a segurança no nosso município, de modo cada vez melhor”, o prefeito Victor Coelho.

“Mostramos que o município está empenhando em resolver a questão da permanência das armas para os guardas, cumprindo as disposições legais. Apresentamos os resultados alcançados e vamos trabalhar, agora, principalmente, para conseguirmos a assinatura do convênio com a Polícia Civil, para que possamos dar início ao curso de formação funcional dos nossos guardas”, disse.

Direto da Redação, com informações da Prefeitura de Cachoeiro
Record News ES / Rede SIM