Febre amarela: Vitória amplia horário de vacinação nas unidades de saúde

A partir desta quarta-feira (17), 26 salas de vacina das unidades de saúde de Vitória passarão a atender para imunização contra febre amarela de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. A medida foi tomada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) devido à circulação do vírus em estados e países vizinhos.

A orientação da Vigilância Epidemiológica de Vitória é para que todas as pessoas que ainda não se imunizaram procurem uma das salas de vacinação disponíveis no município. São elas: Andorinhas, Ilha das Caieiras, Jardim Camburi, Jardim da Penha, Maruípe, Praia do Suá, República, Resistência, Santa Luiza, Santo André, Santo Antônio, Vitória/Parque Moscoso, Alagoano, São Pedro V, da Penha, do Quadro, Grande Vitória, Consolação, Ilha de Santa Maria, Ilha do Príncipe, Jabour, Jesus de Nazareth, Maria Ortiz, Santa Martha, São Cristóvão e Forte São João.

“As pessoas que não tiverem contraindicação poderão receber a dose da vacina. Aplicamos a dose padrão (*), a vacina é altamente imunogênica e é reconhecidamente uma das mais eficazes e seguras utilizadas para a prevenção da doença”, disse a gerente de Vigilância em Saúde, Arlete Frank Dutra.

Mais de 330 mil pessoas vacinadas

Segundo a Vigilância Epidemiológica, já foram imunizados 330 mil moradores em Vitória, atingindo uma cobertura vacinal de 99%.

A dose padrão da vacina contra a febre amarela protege uma pessoa por toda a vida, sendo esse esquema adotado por todo o Espírito Santo.

Viagem

A vacina também é recomendada para quem for viajar para áreas de risco, como Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Peru e Suriname e estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Bahia.

Vacinação

Para vacinar, as pessoas devem levar os seguintes documentos:
– Identidade ou CPF;
– cartão de vacina (indispensável para crianças);
– laudo médico (para as pessoas acima de 60 anos que não comprovem a primeira dose da vacina).

Direto da redação, com informações da Prefeitura de Vitória