Exame diz que pastora Juliana Salles não está grávida

A defesa da pastora Juliana Salles, mãe dos irmãos Kauã e Joaquim, mortos em Abril deste ano em Linhares, informou que ela passou por exame de sangue nesta sexta-feira (13), que não indicou gravidez.

Os advogados de Juliana entraram com um pedido na Justiça para que ela passe por exames após apresentar mal-estar, enjoos e atraso menstrual, sintomas típicos de gravidez.

A pastora segue presa em Minas Gerais, desde o dia 20 de junho, sob acusação de que foi omissa com relação a conduta do marido, o também pastor Georgeval Alves, acusado de matar os filhos do casal no dia 21 de abril, na casa em que moravam no Centro de Linhares.

De acordo com o Ministério Público, Juliana sabia do “desvio de caráter” do marido e poderia ter evitado a tragédia. Ela responde por duplo homicídio, estupros de vulneráveis e fraude processual. Mesmos crimes que o marido dela, Georgeval Alves, que está preso em Viana, é acusado.

 

 

 

 

 

Direto da Redação
Record News ES / Rede SIM