Evento em Pinheiros vai debater a produção e o mercado do café Conilon

O futuro da cafeicultura de Conilon diante das mudanças climáticas e as tecnologias para produção e avaliação da qualidade do café Conilon serão os temas debatidos no maior evento da cafeicultura capixaba, realizado pelo Incaper no município de Pinheiros, região noroeste do Espírito Santo. A solenidade que marca o 10° Ano da Campanha da Melhoria da Qualidade e Início da Colheita do Café do Espírito Santo – 9° Noroeste Café Conilon será realizada no próximo sábado (13).

Este ano, o evento tem um diferencial: será realizado na propriedade do cafeicultor Adauto Orletti, bastante tradicional no cultivo de conilon. A fazenda localizada em Pinheiros, foi escolhida porque está em uma das regiões mais desenvolvidas do agronegócio capixaba. Dotada de espírito empreendedor, a família Orletti vem buscando alternativas viáveis para a convivência com a seca e a produção de café de qualidade.

Em função da crise hídrica, a família observou a necessidade de mudar o sistema de irrigação: aos poucos, deixa de investir nos pivôs centrais e aposta na irrigação localizada por gotejamento, mais econômica e sustentável. Além de enfrentar as mudanças climáticas, o produtor está em busca de qualidade. Para isso, migra do modelo tradicional de beneficiamento para o modelo de descascamento e secagem por fogo indireto. Assim, a estrutura da propriedade está sendo adaptada, visando atender aos mercados mais exigentes, tanto no Brasil quanto no exterior.

Neste contexto, será realizado evento. Na ocasião, temas como o sombreamento do café Conilon como alternativa sustentável para a convivência com a seca, a irrigação por gotejamento e as perspectivas de mercado diante da redução da produção serão tratados por profissionais dos diversos elos da cadeia produtiva em um painel de debate a respeito do Futuro da Cafeicultura de Conilon diante das Mudanças Climáticas.

Após o debate, será realizado oficialmente o lançamento do 10° Ano da Campanha de Melhoria da Qualidade do Café do Espírito Santo, com o pronunciamento de autoridades e a solenidade de colheita simbólica, marcando o início oficial da safra de conilon no Estado. Vale lembrar que o dia 14 de maio é, por lei, o dia de início oficial da colheita do conilon capixaba. A medida evita que o café seja colhido antes da hora, garantindo assim mais qualidade aos grãos.

Um dia de campo sobre as tecnologias para produção e avaliação da qualidade do café conilon marca o encerramento do evento. O dia de campo será dividido em três estações, conduzidas por profissionais do Incaper e do setor privado. Os trabalhos abordam diversos temas, como colheita e descascamento, secagem em secador com fogo indireto e a qualidade do café conilon na xícara.

“Estes são eventos históricos no calendário da cafeicultura capixaba, sempre abordando temas atuais aplicados à atividade cafeeira. Este ano, as discussões estão voltadas para a qualidade e as questões climáticas vividas pelos cafeicultores. O Incaper sempre busca incentivar que a cafeicultura seja uma atividade sustentável: economicamente viável, socialmente justa e ambientalmente correta”, disse Romário Gava Ferrão, pesquisador do Incaper e coordenador do Programa Estadual de Cafeicultura.

Serviço:
10° Ano da Campanha da Melhoria da Qualidade e Início da Colheita do Café do Espírito Santo
9° Noroeste Conilon
Sábado, 13 de maio de 2017
A partir das 8h
Propriedade do Sr. Adauto Orletti – Km 05 Rod. Pinheiros x Montanha. Pinheiros, ES.

Direto da redação
Record News / Rede Sim
Com informações do Incaper