Entidades cobram Fifa por atos racistas de russos em jogo com a França

Entidades que combatem o racismo e uma ministra francesa cobraram a Fifa nesta quarta-feira devido a manifestações racistas por parte da torcida russa no amistoso com a França, na terça. Os torcedores teriam ofendido jogadores negros da seleção rival, caso do meia Paul Pogba, ao longo da partida vencida pelos franceses por 3 a 1, em São Petersburgo.

Segundo a agência de notícias Associated Press, os gritos que imitavam macacos podiam ser ouvidos claramente na arquibancada toda vez que um jogador negro francês tocava na bola. Era possível até ouvir as manifestações racistas na transmissão de televisão após o gol marcado por Pogba.

“Há o suficiente para que a Fifa inicie os procedimentos [de investigação]”, afirmou Piara Powar, presidente do grupo Fare Network, que luta contra a discriminação. A entidade costuma ajudar a Fifa na investigação de casos de racismo no futebol. “Se os fotógrafos em campo conseguiram ouvir as manifestações racistas, deve haver algum segurança ou oficial do jogo que também ouviu.”

Clique aqui e leia mais! 

Fonte: R7.com