“Encontro de Campeões” reunirá estrelas do beach soccer neste sábado em Marataízes

Alguns dos nomes mais importantes do futebol de areia do Espírito Santo,  estarão em ação neste sábado (27), às 10 horas, na Arena da Praia Central de Marataízes, em Marataízes, Sul do Estado, no “Encontro de Campeões”.

No evento inédito, jogadores que participaram das campanhas dos três títulos brasileiros conquistados pela Seleção Capixaba nos anos de 2000 (ES), 2001 (SE) e 2010 (SP) enfrentarão a Seleção de Marataízes.

O “Encontro de Campeões” é patrocinado pela SESPORT (Secretaria de Esporte e Lazer do Espírito Santo), organizado pela Federação de Beach Soccer do Espírito Santo (FEBSES), com apoio da Prefeitura Municipal de Marataízes, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer.

O presidente da Federação de Beach Soccer do Espírito Santo, Paulo Sergio de Lima, ex-goleiro da Seleção Brasileira de Futebol (Copa de 1982), Botafogo, Fluminense e Vasco, dentre outros grandes clubes nacionais, estará presente no evento e homenageará os atletas da Seleção Capixaba.

Campeões mundiais em ação

O técnico Jorge Ferreira, o Índio, que dirigiu a Seleção Capixaba nos três títulos, terá como auxiliares Didinho e Elias Santos (este integrante da delegação nas três conquistas). Ele convidou para homenagem póstuma o promissor atacante Gustavo, 22 anos, filho do pivô Jóia, ex-jogador das seleções capixaba e brasileira, assassinado no dia 3 de novembro de 2002, por engano, na frente de sua casa, na Ilha do Príncipe, em Vitória. Jóia foi bicampeão brasileiro pela Seleção Capixaba, tendo sido capitão da equipe, nas edições de 2000 e 2001. Ele também teve convocações para a Seleção Brasileira.

Índio terá os seguintes atletas à disposição: Marquinhos e Ciro (goleiros); Rui, Duda, Rafinha, Buru, Raphael, Gustavo, Patrick, Jô, Juninho Mascote e Diego.

Vale destacar que Buru (Melhor do Mundo FIFA em 2007 e hexacampeão mundial) e Duda (Hexacampeão mundial) estiveram nas equipes das três conquistas.

Além dos dois atletas tiveram passagens pela Seleção Brasileira: Raphael, Rafinha e Marquinhos.

Grandes lembranças

“Meu sentimento é de felicidade e de alegria ao participar deste jogo festivo. Fico até sem palavras pra descrever o que estou sentindo com esse evento que reunirá os campeões brasileiros. Poder voltar a jogar com a seleção capixaba e reencontrar grandes amigos é algo especial”, disse Juninho Mascote.

“É sempre bom nos reunirmos com aquela equipe que fez história nesse esporte, enfim, espero que esse encontro de gerações possa ser uma grande confraternização”, destacou Rui.

“Será um momento de muita alegria, encontrar com velhos amigos após sete anos daquele título de 2010 e ainda os que estiveram nas outras duas conquistas. É gratificante demais fazer parte desse evento e da história gloriosa do beach soccer capixaba. Ansioso para chegar sábado e poder relembrar os bons momentos e as vitórias daquele campeonato que vai ficar marcado eternamente em nossas memórias”, afirmou Diego.

“Valeu a pena. Vivemos a epoca áurea dos campeonatos brasileiros. Aquela rivalidade entre os Estados.  E a Seleção Capixaba tinha todo charme especial pela nossa carência por esporte coletivo, ainda mais sendo futebol, paixão de todos. Aqui no Estado formamos, acima de tudo, uma familia. Até hoje nos reunimos e é sempre uma festa, seja jogando ou apenas relembrando.  Quem for assistir certamente verá o melhor (ainda que meio fora de forma) do futebol de areia capixaba”, disse o goleiro Marquinhos.

Direto da redação                                                                                                          Record News ES/RSIM