E as novidades?

Outro dia pararam para debater mais uma novidade na área da comunicação, as noticia falsas. Deram ate um apelido besta, com sotaque americano, Fake News. Mas isso é consequência da Internet, da liberdade da Internet e eu sempre digo, não adianta censurar a Internet, pois ela nasceu para ser um campo livre. Ocorre uma ou outra ação, mas é campo livre.

Na realidade o fake news não passa de uma fofoca, e mais; uma fofoca política. Pelo menos é mais identificada nesta área, tanto que o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Eleitoral estão preocupados com isso. Disseram: “o fake news é crime e deve ser combatido com firmeza”. Acontece que pode ser difícil aniquilar de vez com tal incomodo.

A fofoca ou a “plantação de informação” está arraigada no seio do povo, não do zé povinho, mas das classes ou elites. Você deve conhecer alguém, geralmente conhecido seu, que chega e diz: “Quais são as novidades?” ou “ Me conta as novidades”. O fake news começa por ai.

Outra coisa, acredita no que lê quem quer. Nem tudo pode ser lido na Internet. Temos a opção de escolha, então que se dane o fake news. Mas se você é político e quer fazer política na Internet, cuidado! Você pode ser tornar uma noticia do fake news ou criar uma noticia que pode virar fake news. É isso ai!

 

José Roberto Mignone