Secretaria de Meio Ambiente solicita ajuda da população de Aracruz para fiscalizar defeso do caranguejo-uçá

A captura, a manutenção em cativeiro, o transporte, o beneficiamento, a industrialização, o armazenamento e a comercialização do caranguejo-uçá estarão proibidos a partir da próxima quinta-feira (18), até o dia 25 de janeiro. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMAM) pede ajuda da população de Aracruz para denunciar práticas ilegais durante o período de defeso através do telefone (27) 9 9771-4462.

Trata-se do primeiro período de andada do crustáceo. Quem for flagrado capturando, comercializando ou consumindo o animal durante a andada será encaminhado para a Delegacia de Crimes Ambientais e sofrerá as penalidades, que podem ser pagamento de multas e até prisão.

A andada é o período em que os caranguejos machos e fêmeas saem de suas galerias (tocas) e andam pelo manguezal para acasalamento e liberação de ovos. Além disso, existe também a necessidade de recomposição natural da fauna e da proteção das espécies de caranguejo durante a época de sua reprodução.

 Direto da Redação, com informações do Semam