Críticos dizem que Globeleza está mais vestida do que nunca

A Globeleza nunca esteve tão comportada. Na nova vinheta de Carnaval a Globo parece ter dado adeus aos closes na mulata nua que requebrava ao som do “lá vou eu…” Érika Moura, a Globeleza, aparece neste ano mais vestida do que nunca.

Segundo a emissora, a nova vinheta consolida o conceito lançado no ano passado, de dar mais espaço aos ritmos das festas tradicionais do país, à diversidade do povo brasileiro e à riqueza cultural do evento. O samba, o frevo, o maracatu, o axé, o bumba meu boi e o carnaval tradicional de avenida, representado pelo mestre-sala, pela porta-bandeira e pelos passistas, seguem como protagonistas.

Porém, outros elementos também estão presentes, como máscaras de baile, bonecos de Olinda e bois de Parintins. “A vinheta de 2018 é uma evolução gráfica desse conceito e amplia a representatividade das festas e dos ritmos que compõem o carnaval brasileiro”, conta Alexandre Romano, diretor de arte da Comunicação da Globo, responsável pela concepção do filme. A tradicional trilha sonora também tem novidades. Além do repique, tamborim, surdo e pandeiro, há o suporte de outros instrumentos de percussão, sopro e metal.

Clique aqui e leia mais!

Fonte:R7.com