Comerciante será indenizado por fábrica que vendeu 130 caixas com bombons vencidos

A justiça condenou uma fabricante de chocolates a indenizar em R$ 5 mil uma distribuidora que adquiriu 130 kits de caixas de bombom, cujas unidades estavam com a data de validade vencida.

A fábrica também deverá ressarcir a distribuidora em R$ 13.337,17 pagos pelos kits que informavam uma data de validade diferente da do seu conteúdo.

Segundo o dono da fábrica, ao receber os produtos e colocá-los a venda, ele foi surpreendido com reclamações de seus clientes de que as caixas de bombom estavam vencidas, diferente do informado na embalagem externa.

O autor da ação apresentou ainda uma testemunha que confirmou os danos sofridos pela distribuidora, obrigada a ressarcir os valores pago pelos compradores que devolveram o produto e prestaram reclamações por conta de seu vencimento.

O juiz da 1º Vara Cível de Guaçuí, Eduardo Geraldo de Matos, afirmou em sua decisão que as provas apresentadas comprovaram os danos ao proprietário da distribuidora.

Direto da redação
Record News / Rede Sim
Com informações do Tribunal de Justiça