Cirurgiões de todo o Brasil se reúnem em Vitória para o Setembro Verde

Abrindo o mês de conscientização para a doação de órgãos (Setembro Verde), o Colégio Brasileiro de Cirurgiões (Setor IV – Espírito Santo, Minas Gerais e Bahia) realiza, nos dias 1, 2 e 3 de setembro, a sexta edição de seu congresso regional. O evento – que ocorrerá no Centro de Convenções de Vitória – abordará temas como transplante e doação de órgãos, trauma, cirurgia pediátrica e cirurgia bariátrica, entre outros.

Cirurgiões de renome nacional, vindos de diversos Estados do Brasil, estarão presentes para ministrar palestras no Congresso, cujo objetivo é o de trazer novos conhecimentos para o debate entre os profissionais dos três Estados envolvidos no evento. A expectativa é de que mais de mil profissionais e estudantes de Medicina circulem pelo Congresso nos três dias.

Para o presidente do CBC no Estado, Gustavo Peixoto Soares Miguel, o Congresso será uma ótima oportunidade para os profissionais capixabas se aperfeiçoarem ainda mais. “Estamos preparando um evento de altíssimo nível, com a participação dos mais renomados cirurgiões do Brasil para falar sobre os temas mais atuais e relevantes de nossa especialidade”, explicou Gustavo.

A palestra de abertura do Congresso promete ser um dos pontos altos do evento. Será realizada pelo ex-secretário de Estado de Controle e Transparência e promotor do Ministério Público do Estado do Espírito Santo, Marcelo Zenkner, que falará sobre “Compliance”.

Além das palestras, o Congresso oferecerá cursos sobre fundamentos em cirurgia, radiologia e oficina de transplantes. Serão diversos módulos de discussão das principais áreas da cirurgia, tais como Trauma, Bariátrica, Videocirurgia, Torácica, Cardíaca, Pediátrica, Ensino Médico, Tecnologia e Redes Sociais na Medicina.

As inscrições para participar do 6º Congresso do Setor IV do Colégio Brasileiro de Cirurgiões podem ser feitas pelo hotsite do evento (http://cbces.org.br/hotsite), onde também está disponível toda a programação do Congresso.

Direto da redação com informações do Colégio Brasileiro de Cirurgiões