Chuva forte deixa ruas alagadas e causa deslizamento de rocha na Grande Vitória

O mês de dezembro começou com muita chuva no Espírito Santo, principalmente na Grande Vitória. De acordo com a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, órgão pertencente ao Corpo de Bombeiros Militar do Estado os maiores acumulados de chuva em 24h foram registrados na Serra, Fundão, João Neiva e Vila Velha.

Diversos municípios relataram pequenos alagamentos e ocorrências sem danos a estruturas ou a pessoas. Em Vitória, no bairro Moscoso, ocorreu um rolamento de pedra num local sem estruturas ou famílias próximas.

Algumas ruas da capital também ficaram alagadas, como foi o caso da Avenida Leitão da Silva, em Santa Lúcia e na Avenida Saturnino de Brito, na Praia do Canto.

Em Itapemirim, no Sul do Estado, ocorreram alagamentos que já foram sanados de acordo com os agentes de Defesa Civil da região.

Confira os registros pluviométricos:

SERRA (62.97); FUNDÃO (59.4); JOÃO NEIVA (54.69); VILA VELHA (52.13); SÃO ROQUE DO CANAÃ (51.63); CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM (45.25); VITÓRIA (45.08); ARACRUZ (44.54); ITAPEMIRIM (43.71); SANTA LEOPOLDINA (42.72); IBIRAÇU (40.59); ITAGUAÇU (40.57); ECOPORANGA (40); CARIACICA (38.8); SANTA MARIA DE JETIBÁ (38.21); GUAÇUI (36.55); LINHARES (36.4); COLATINA (34.73); ALEGRE (34.48); VIANA (28.56); JERÔNIMO MONTEIRO (27.73)

Foto: Adriana Marques / Record News ES
Foto: Adriana Marques / Record News ES

Os demais municípios tiveram seus acumulados abaixo de 25 mm.
Referência: Pluviômetros do CEMADEN.

A previsão de chuva continua pelo menos até domingo, segundo o Incaper.

Direto da Redação, com informações da Defesa Civil
Record News ES / Rede SIM