Cachoeiro vai ganhar parque urbano na Ilha da Luz

Toda a Ilha da Luz, em Cachoeiro de Itapemirim, será transformada em um parque urbano. O projeto está em fase final de definição e é elaborado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Semdurb), a partir de esforço conjunto da prefeitura, do Poder Judiciário no município e da BRK Ambiental, concessionária de serviços de água e esgoto.

Previsto para os próximos meses, o início de sua execução se dará com a assinatura de Termo de Ajuste de Conduta (TAC), intermediado pelo promotor Wagner Eduardo Vasconcellos, da 14ª Promotoria de Justiça Cível, com participação do juiz da 1ª Vara da Fazenda, Robson Louzada.

Por meio desse acordo, a concessionária compensará o município por ter instalado a Pequena Central Hidrelétrica (PCH).

Nesta semana, a planta do parque foi apresentada ao prefeito Victor Coelho, em seu gabinete, pelo secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Mário Louzada.

“Poucas cidades têm uma área tão rica em natureza e beleza, dentro do perímetro urbano, como nós temos. Esse projeto representa a realização de um sonho da sociedade cachoeirense, que há anos espera a reabertura da Ilha da Luz como área exclusiva para esportes e lazer”, salienta o prefeito.

Calçadão para caminhada, ciclovia, trilhas ecológicas e decks para visualização dos encachoeirados do rio Itapemirim estão entre os atrativos que serão criados na Ilha da Luz, que receberá, ainda, tratamento paisagístico e terá sua área verde recuperada, com base em diagnóstico apresentado pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema).

Para isso, serão removidas as pavimentações asfálticas e as construções ali existentes, como o pavilhão, a escola municipal Mario Augusto Rocha e as instalações da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes). Juntas, essas edificações chegam a 9 mil metros de área quadrada, aproximadamente.

Permanecerá, apenas, o prédio que hoje abriga a sede da Guarda Municipal, que integrará a estrutura local de segurança.

Os alunos da unidade Mario Augusto Rocha serão transferidos para unidades de enino na mesma região geoescolar, como a supercreche do Village da Luz (bairro onde vive a maioria deles), prevista para funcionar em 2018, e a escola municipal Sandra Monteiro Vargas Piassi, no bairro Aquidaban, que passará por ampliação. O próximo endereço da Semdes ainda está sendo definido.

Restauração da primeira hidrelétrica

Além de todas essas intervenções, o projeto – assinado pelo arquiteto e urbanista José Rangel, que atua na Semdurb – prevê o trabalho de restauração de um espaço em que, no passado, funcionou a primeira hidrelétrica do Espírito Santo. “Parte de suas instalações originais está intacta. O intuito é torná-lo um lugar adequado para a realização de atividades culturais”, explica o secretário Mário Louzada.

Fonte: Prefeitura de Cachoeiro