Cachoeirense Ausente: candidatos ao título podem se inscrever até o dia 20

A prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim recebe até o dia 20, as indicações de concorrentes a Cachoeirense Ausente.

O tradicional título é concedido à cidadãos nascidos no município que, vivendo em outras cidades, se destacam nas atividades que exercem.

A inscrição da candidatura deve ser feita por familiares, amigos ou simpatizantes do candidato, no setor de Cerimonial, no segundo piso do Palácio Bernardino Monteiro, localizado na praça Jerônimo Monteiro, Centro.

É necessária a apresentação de um currículo com os dados pessoais e profissionais do concorrente. O atendimento é realizado das 9h às 18h, exceto no último dia de inscrição, quando irá até as 15h.

A eleição será em 10 de maio, às 9h, na Sala Levino Fanzeres, no térreo do palácio. O processo de escolha é feito por meio de votação secreta com um representante de cada uma das 27 entidades listadas na lei municipal que trata da concessão de homenagens e honrarias em Cachoeiro. Em caso de empate, será eleito o candidato com mais idade.

Concedida anualmente, como parte das festividades do Dia de Cachoeiro – 29 de junho -, a honraria foi instituída no fim da década de 1930, tendo sido criada pelo poeta, advogado e jornalista Newton Braga como forma de homenagear conterrâneos que não viviam mais em Cachoeiro, mas que mantinham laços com a cidade natal.

Entre as personalidades já homenageadas com o título estão o cantor Roberto Carlos, o escritor Rubem Braga, o arquiteto Ary Garcia Roza, o compositor Raul Sampaio Cocco, o ator Jece Valadão, o advogado Sérgio Bermudes e o ex-ministro da Fazenda e ex-presidente do Banco Central, Ernane Galvêas. Em 2017, foi condecorado o ator e empresário Acacio Frauches.