Barragem vai beneficiar mais de 11 mil moradores em Marilândia

O Programa Estadual de de enfrentamento à crise hídrica que prevê a construção de barragens entregou, nesta quinta-feira (20), a primeira obra barragem localizada em Marilândia. Além disso, outro passo importante foi dado para a ampliação da reservação hídrica do Estado com a assinatura da ordem de serviço para a construção de dois novos reservatórios em Sooretama.

A inauguração da Barragem Liberdade ocorreu na comunidade Santo Hilário, em Marilândia. Participaram dos atos o vice-governador César Colnago, o secretário de Estado da Agricultura, Octaciano Neto, além de lideranças locais. A Barragem Liberdade, no município de Marilândia, é a primeira obra concluída no Programa Estadual de Construção de Barragens. Com capacidade de armazenar 90 milhões de litros de água, consegue abastecer a população de 11 mil habitantes por aproximadamente 140 dias. O reservatório teve investimento de R$ 687 mil.

Segundo Colnago, a água se tornou uma das prioridades do governo. “A água se tornou prioridade absoluta e o Governo do Estado tem investido para combater a crise hídrica em várias frentes, tanto na construção de barragens para reservação, quanto em saneamento e recuperação de nascentes por meio do reflorestamento”.

O secretário da Agricultura, Octaciano Neto, afirmou que a construção de barragens e o uso consciente da água vão minimizar os efeitos da  seca em futuros períodos de estiagem.

“A crise tem nos ensinado a sermos mais eficientes e conscientes a respeito dos recursos hídricos, além de fazer investimentos na preservação e reservação de água. A Barragem Liberdade, além de ser um cartão postal da cidade, será muito importante para a região”.

Morador de Marilândia, Hélio Falqueto, que ficou conhecido como o fiscal da obra da Barragem Liberdade por morar ao lado dela, disse que o reservatório é um sonho para região. “Nós éramos alguns dos donos da área doada para a construção da barragem, mas a água é de todo mundo, não é só nossa. A barragem vai atender a população que precisa de água, pois sem ela, ninguém vive.”

Direto da redação
Record News / Rde SIM
Com informações do Governo do ES