Após ficar fora do Rio 2016, Fabiana Beltrame anuncia aposentadoria

Fabiana Beltrame, considerada uma das principais remadoras do país, anunciou no último sábado a sua aposentadoria. A atleta brasileira havia participado da etapa de Ponzan, na Polônia, da Copa do Mundo de remo, e após ser eliminada na semifinal, despediu-se da modalidade.

A catarinense de 34 anos já participou de três Jogos Olímpicos, em Atenas 2004, Pequim 2008 e Londres 2012. Porém, foi em 2011 que atingiu o momento mais importante de sua carreira. No skiff simples leve, Fabiana conquistou a primeira medalha de ouro brasileira na história do Mundial de remo, em Bled, na Eslovênia.

“Não foi a despedida que eu esperava, estando numa final ou conquistando uma medalha ou ainda, nem com a qual eu sonhava, que é a de competir os Jogos Olímpicos em casa. Mas nem sempre as coisas saem como planejamos”, desabafou Fabiana, em publicação nas redes sociais.

Beltrame ainda criticou o afastamento de Julio Soares, seu treinador, logo após o Pré-Olímpico, no Chile. A remadora também não participará das Olimpíadas, já que não recebeu o esperado convite para defender o Brasil na competição.

“O que mais me entristece em não competir a olimpíada, é ver esta demissão, já que ele foi o principal responsável pela classificação do double feminino peso leve para os Jogos Olímpicos. Para mim, uma das maiores injustiças que já vi no esporte. Ele quem realizou todo o processo seletivo e treinamentos até a qualificação desses dois barcos da categoria feminina”, disparou a brasileira.

Apesar de Fabiana ter atingido o índice olímpico, a Confederação Brasileira de Remo decidiu selecionar o double skiff de Fernanda Nunes e Vanessa Cozzi. Apenas um barco por gênero poderia ser escolhido por país.

Fonte: Yahoo Esportes