Adolescente foi preso suspeito de cometer dois homicídios em Pinheiros

Na tarde desta quinta-feira (18) foi apreendido por policiais civis o menor infrator P.S.P.A., de 17 anos, suspeito de ter cometido dois homicídios em Pinheiros.

“As investigações revelaram que P., que é oriundo de Sooretama/ES, estaria envolvido no tráfico de drogas em Pinheiros, e teria executado Jaique Costa da Cruz, de 19 anos por questões relacionadas ao tráfico. Já a outra vítima Júnior Alves dos Santos, de 22 anos foi executada após uma suposta desavença com o autor, por questões familiares da vítima. Apesar de ter negado a autoria dos crimes, as investigações e as provas obtidas indicam ser ele mesmo o autor”, esclarece Dr. David de Santana Gomes, Delegado de Pinheiros.

No dia 12 de janeiro policiais civis e militares cumpriram mandado de busca e apreensão na residência do adolescente e localizaram um revólver calibre .38, supostamente a arma de fogo utilizada nos crimes por ele praticado. O menor não estava no imóvel durante o cumprimento.

Os crimes:

No dia 29/10/2017 a vítima Jaique Costa da Cruz estava em frente sua residência, no bairro Jardim Planalto, quando foi abordado pelo adolescente infrator P. e um comparsa, ocasião em que eles iniciaram uma conversa, e logo em seguida o adolescente sacou um revólver e desferiu diversos tiros na vítima, que morreu no local.

Apesar do crime ter sido cometido na frente dos familiares da vítima, estes negaram a dar informações da autoria do crime para a polícia civil, porém as investigações realizadas e provas obtidas concluíram ser P. o autor do crime. O comparsa já foi identificado e em breve deverá ser apreendido, pois se trata de menor de idade.

No dia 06/01/18, a vítima Júnior Alves dos Santos estava com familiares em casa, no bairro Galiléia, quando foi chamado no portão da residência pelo adolescente P., e após atende-lo foi alvejado por três disparos de arma de fogo na região do tórax.

A vítima ainda correu para o interior de sua residência para fugir do criminoso, porém foi perseguido e executado na sala da casa, na frente de seus familiares.

A motivação do crime foi uma suposta desavença entre a vítima Júnior e o adolescente por questões familiares da vítima, de agressões aos seus genitores.

“Apesar das dificuldades que tivemos durante as investigações, onde familiares das vítimas omitiram, até por medo de represálias, em dizer a autoria do crime, conseguimos coletar provas contundentes em desfavor do adolescente, onde indica ser ele o autor dos crimes. Os índices de crimes contra a vida vêm caindo substancialmente em Pinheiros devido ao trabalho conjunto entre as policias civil e militar, em parceria com o Ministério Público e o Poder Judiciário. A população também vem colaborando e muito no combate à criminalidade, denunciando criminosos através do 181 e 190, e tendo uma resposta rápida e efetiva da polícia”, revela Dr. David de Santana Gomes, delegado.

O adolescente infrator foi encaminhado ao IASES-Linhares, onde ficará à disposição da Justiça.

Direto da redação                                                                                                           Record News ES/RSIM